• pt-br
  • en
  • es

15
ago-2014

Lembrando… (Parte I)

IMG_8309

Sentada no canto da sala, Dona Custódia da Conceição tenta olhar onde é possível enxergar o passado e lentamente vai soltando suas memórias no ar.

Diz que uma boa dançadeira não assenta nos calcanhares, fica só nas pontas do pé.

Na ratoeira tocavam gaita, cavaquinho e pandeiro. Ainda lembra versos daquelas noites estreladas. Noites essas que quando alguém chamava para dançar ninguém negava.

“Quando entrei para ratoeira

Não entrei com alegria

Na ratoeira não estava

Quem meu coração queria”

 

“Não quero desafio

Nem estou lhe desafiando

Se é por desafio

Meu barco vem chegando”

Ainda antes disso apanhava laranja, descascava o gominho de trás para fazer peixinho. Fazia varalinho, vendia os peixes e dizia “não tem peixe aí vem aqui que eu tenho para vender“.

IMG_5238

Amarrava bambuzinho no pé do “cafieiro”  e dizia: “minha casinha é aqui minha cumadre“.

Ganhou a pouco tempo uma boneca, ficou imensamente feliz com esse presente.

Gostava muito de farra de boi, mesmo que era coisa de homem, afinal, quando tinha boi bravo os homens deixavam a comida na mesa para ir ver o boi. “Meu irmão ia brincar e ficava debaixo do boi, mas não morreu disso não“.

Tem gente muito brincalhona, que sabe brincar, aquilo era um prazer de se ver.

A escola era tudo cheia de aluno, mas naquele tempo não ensinava a bordar, só a leitura, né?”

Texto e fotos: Renata Meirelles

 likes
Share this post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Archives

> <
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec