• pt-br

21
maio-2015

Doutores recomenda: Território do Brincar

A matéria pode ser lida no site dos Doutores da Alegria ou a seguir:

Você sabe como brincam as crianças em aldeias indígenas? E a criançada à beira da praia, no Ceará? Em grandes metrópoles, como se dá a brincadeira?

O documentário Território do Brincar traz algumas respostas sobre o universo lúdico infantil de todo o Brasil. A estreia acontece no Dia Mundial do Brincar, 28 de maio, em São Paulo e no Rio de Janeiro e no dia 4 de junho em Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Florianópolis, Belo Horizonte, Salvador, João Pessoa e Santos.

Entre abril de 2012 e dezembro de 2013, os documentaristas Renata Meirelles e David Reeks, acompanhados de seus filhos, visitaram comunidades rurais, indígenas, quilombolas, grandes metrópoles, sertão e litoral, revelando o país através dos olhos de nossas crianças. Nos encontros surgiram intensas trocas e diálogos, por meio de gestos, expressões e saberes que foram cuidadosamente registrados em filmes, fotos, textos e áudios.

O longa-metragem faz parte do Projeto Território do Brincar, uma parceria com o Instituto Alana. Além do filme, a iniciativa conta com exposição itinerante, duas séries infantis para a TV e um livro em produção.

territorio do brincar

Fazendo um paralelo, Doutores da Alegria tem o brincar como seu território de ação. As brincadeiras propostas pelos palhaços estabelecem um mundo de ficção essencial para a efetividade do trabalho. E tudo começa com os adultos e crianças acreditando que estão recebendo a visita de um profissional do hospital: o besteirologista.

Adriana Friedmann, que coordena o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Simbolismo, Infância e Desenvolvimento, acredita que brincar é essencial na vida de qualquer criança desde que nasce. “No ato de brincar, a criança está absolutamente mergulhada em um espaço sagrado, conectada profundamente com o presente de forma orgânica, corpo, sensações, emoções e todos seus sentidos participam destes processos. Brincar é a possibilidade de viver a fantasia, a imaginação, imitar o mundo adulto, o mundo animal e a natureza. Brincando as crianças são desafiadas a se superarem, a descobrirem. Brincar é a forma de as crianças fazerem poesia e nos contarem quem são, o que sentem, o que vivem, seus medos, suas preferências, seus potenciais e suas limitações.”, conta ela em entrevista à Agência Brasil.

Saiba mais sobre o projeto acessando www.territoriodobrincar.com.br.

 likes
Share this post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Archives

> <
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec