• pt-br

28
abr-2014

A matéria pode ser lida no site A casa do Pedrinho ou a seguir: 

Eu me encantei com esse projeto! Adoro brincadeiras ao ar livre, antigas e lúdicas! E esse projeto veio para resgatar tudo isso e contestar o discurso de que “nossas crianças não brincam mais”.

Com o apoio do Instituto Alana e de seis escolas nacionais, a mestre em educação, Renata Meirelles, viveu em comunidades rurais, indígenas, quilombanas, sertanejas, caiçaras e urbanas. Observou, ouviu, brincou com as crianças e discutiu com educadores suas experiências em nove estados brasileiros.

“As crianças brincam sim, claro. O que falta é a validação dos adultos, diz ela” Não importa se o menino tem um carrinho ou constrói um. A ferramenta é o de menos. Crianças vinculadas ás telas (iPad, TV, iPhone, etc) podem ter essa percepção abafada, mas com um pouco de espaço isso aflora”.

imageimageimage

Até 2015, dois livros e dois documentários darão continuidade à divulgação da iniciativa de que brincadeira é coisa seria. Vamos aguardar!!!

Sobre o Projeto:

O Projeto Território do Brincar é um trabalho de escuta, intercâmbio de saberes, registro e difusão da cultura infantil.

Entre abril de 2012 e dezembro de 2013, a equipe do Projeto esteve na estrada percorrendo o Brasil por comunidades rurais, indígenas, quilombolas, grandes metrópoles, sertão e litoral, revelando o país através dos olhos de nossas crianças.

Coordenado pela educadora Renata Meirelles e pelo documentarista David Reeks, o Território do Brincar tem seu foco nas sutilezas do brincar, nos gestos e palavras que apresentam a essência da infância de toda criança.

 likes
Share this post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Archives

> <
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec