• pt-br
  • en
  • es

A coragem e a conquista chegam muitas vezes pelas vias do medo. Como deixá-lo de fora do brincar? Quantos meninos e meninas há por aí, que não evitam o medo, ao contrário, o provocam. Eles têm muito a nos dizer, veja alguns exemplos.

0 comments / 10 votes

À tarde a coisa muda de figura: não mais compradas ou alugadas, mas confeccionadas artesanalmente pelas mãos talentosas de Dodô, as caretas desfilam pela cidade. Entrar na sede é como penetrar um mistério, violar um segredo. As caretas de Acupe (BA) tem sua própria voz, suas vestimentas que transformam pessoas em criaturas incríveis e muitas […]

0 comments / 10 votes
0 comments / 2 votes

O fogo convida para dizer do medo, para escutar a coragem, para aquecer o frio. Foi só sentar ali que as histórias foram chegando sem serem convidadas, simplesmente apareceram. Em Tatajuba todo menino tem uma história terrível para compartilhar. Não só de ouvir dizer não, mas de já ter vivido mesmo. Essas crianças vivem sendo […]

0 comments / 2 votes
0 comments / 5 votes

Debaixo de um pé de manga Seu Dodô cria suas incríveis máscaras de papelão. São máscaras vindas de um imaginário do medo e pintadas com as cores que lhe pertencem: preto, vermelho e branco. Primeiro vem a lama trabalhada, alisada e esculpida em formas assustadoras. Em seguida, ele veste a lama com tiras de papel […]

0 comments / 5 votes
0 comments / 8 votes

Quem anda pelas ruas de Acupe (BA) nos domingos de julho, não tem como não conhecer as tradicionais “Caretas de borracha”. São inúmeras pessoas, crianças e adultos, vestindo máscaras e roupas assustadoras e batendo em que as provoque. Elas surgem quando menos se espera, vira-se a esquina e lá vem um grupo delas, caminhando em […]

0 comments / 8 votes

Archives

> <
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec