• pt-br

06
set-2017

‘Terreiros do Brincar’ é exibido em evento na USP

‘Terreiros do Brincar’ é exibido em evento na USP

O filme “Terreiros do Brincar”, dirigido por Renata Meirelles e David Reeks, foi apresentado no último dia 30 de agosto para os alunos da Faculdade de Educação Física e Esportes da USP. A exibição foi seguida de uma palestra com Renata, que também é coordenadora do programa Território do Brincar.

A obra, que estreou nos cinemas em maio deste ano, exemplifica a relação entre brincadeira e cultura em quatro estados brasileiros, a partir de um material coletado para a produção do longa-metragem “Território do Brincar”. Ambos os filmes foram produzidos pelo Alana e pela Maria Farinha Filmes e estão disponíveis gratuitamente na plataforma Videocamp.

No evento, Meirelles revelou os bastidores da produção do longa “Terreiros do Brincar” e do curta “Waapa”, lançados em 2017.  “Nas gravações, a pergunta  que os adultos nos faziam era sempre a mesma: ‘por que vocês vieram aqui? As crianças não brincam mais!’. Não dava cinco minutos, a gente encontrava a criançada brincando.”

Para Renata, tudo é uma questão de abordagem: “Uma coisa é você chegar para uma criança e pedir para ela explicar a brincadeira. Outra é chegar e se dispor a brincar junto com ela”, explica. Além disso, ela acredita que o distanciamento das crianças do ato de brincar está vinculado aos excessos. “Nós estamos enchendo os pequenos de coisas que são unicamente materiais”, alerta a diretora.

Nas escolas visitadas durante as gravações, uma das maiores reclamações dos docentes de Educação Física, era relacionada à falta de estrutura para as aulas. Havia professores que criticavam, por exemplo, o fato de não ter na escola uma quadra de esportes, o que, para as crianças, não parecia fazer falta. “Elas brincavam com qualquer coisa, corriam, jogavam amarelinha… E os professores, chorando as pitangas”, relembra.  

Renata formou-se pela USP em Educação Física em 1994. Em seu trabalho de conclusão de curso, ela já procurava oferecer um olhar mais apurado para a brincadeira. O tema escolhido para o projeto final foi “A educação física em escolas rurais”. Para a pesquisa, ela visitou diversas comunidades rurais do Estado de São Paulo. “A intenção era mostrar que a Educação Física não era pensada para ser diversa. Era planejada para ser executada em um único espaço e para um único tipo de pessoa”, conta.

Na época, no entanto, ela recebeu duras críticas de seus avaliadores.  “Disseram que o trabalho não era tema de credibilidade científica para a área de Educação Física e que a USP não iria dar essa chancela de qualidade.”

Confira o trailer do filme ”Terreiros do Brincar” e organize sua exibição pública via VIDEOCAMP!

 

 likes
Share this post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Palavras: 483

Archives

> <
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec