• pt-br
  • en
  • es

São tantas e tantas crianças construindo seus próprios brinquedos, que temos centenas de motivos para afirmar que essa confecção é parte fundamental do brincar. As mãos constroem um diálogo vivo entre o interior de cada criança e o mundo exterior. Conheça aqui obras de infâncias de hoje e de sempre.

135881175813588117587383644742_420x300
0 comments / 9 votes

É incrível como no Brasil há tantas brincadeiras acontecendo debaixo de um pé de manga, ou de outra árvore frutífera, que dá até para fazer um tratado sobre isso. Não foi diferente em Abadia, esse pequeno vilarejo perto de Carbonita no Vale do Jequitinhonha. Enquanto as meninas varriam as folhas secas e as mangas podres, […]

0 comments / 9 votes
13719873621371987362592476935_420x300-300x214
0 comments / 7 votes

Tradição antiga entre adultos e crianças de Tatajuba é brincar com canoas de timbaúba. Sentem-se orgulhosos em manter esse hábito há tantas gerações. Um ato de resistência coletiva, marcado no gesto do brincar. Assim que nos contaram sobre esse brinquedo, foram logo perguntando: “quanto tempo vocês vão ficar por aqui?”. “Vamos ficar uns 40 dias”, […]

0 comments / 7 votes
13415212901341521290493915585_420x300
0 comments / 12 votes

Visitamos a casa do Sr. Levi Roger em um domingo ensolarado em que recebia amigos e parentes, como fazem todos os domingos. Reunir um grupo de crianças das mais diferentes faixas etárias sem compromissos definidos e com espaço para fazerem o que quiserem é o suficiente para que o imaginário infantil mostre sua força e […]

0 comments / 12 votes
138341109913834110998943197906_420x300
0 comments / 4 votes

A zoada se ouve de longe, se ouve há tempos distantes. Carro bom tem que zoar, tem que se fazer ouvir. Há várias gerações a região de Cururupu é marcada pela força desses carros feitos de madeira e ferro, puxados pela tração de dois bois. Cheda, canga, paré, rodeiro, canzil, taca, cébria e mais um […]

0 comments / 4 votes
136924682613692468263833988440_420x300
0 comments / 3 votes

Há dias que os meninos de Tatajuba vinham nos contando sobre as arminhas de palha de coqueiro. Já conheci um arsenal de armas infantis, mas feito de palha de coqueiro, essa era novidade para nós. A arma atira alguma coisa? Eu achava que sim. Não, ela não atira nada, mas lança o menino na vivência […]

0 comments / 3 votes
136977534613697753465951682212_420x300
0 comments / 1 votes

Mar pede navegar, pede flutuar com velas aprumadas com o vento, pede precisão de meninos certeiros no corte do isopor ao construir suas canoas. Aqui em Tatajuba estamos aprendendo sobre a natureza do brincar líquido. Estamos percebendo o quanto um bom capitão de canoas de isopor precisa conhecer os movimentos do ar mais até mais […]

0 comments / 1 votes
137409567513740956757569490867_420x300
0 comments / 4 votes

Rebeca é menina matreira, está sempre com a resposta certa na ponta da língua. Além das respostas, a língua é sempre certeira no momento de suas costuras, um hábito diário para essa menina de 7 anos. Quando costura, usa o corpo inteiro, da língua aos pés, mergulha no gesto da vontade, e sai de lá […]

0 comments / 4 votes
_7233093516
0 comments / 1 votes

Assim que terminou o jogo de “china” (bolinha de gude) perguntei para os meninos porque será que os adultos, hoje em dia, insistem em dizer que criança não sabe mais brincar e que jogos como este não existe mais. “É porque esses adultos não vêm aqui ver” me respondeu um dos garotos. É verdade, tive […]

0 comments / 1 votes
_7137565884
0 comments / 4 votes

Abadia é terra de benzedeiras, parteiras e de ervas que superam a eficácia dos comprimidos, segundo seus moradores. Terra onde romeiros vem de longe para cultuar a imagem de Nossa Senhora de Abadia e onde as bonecas são batizadas, assim como cada criança. “Todo mundo merece ser batizado” disse uma das meninas. Se é assim, […]

0 comments / 4 votes
_3240014111
0 comments / 3 votes

Com água até o pescoço, Felipe não cansava de ver seu barquinho deslizar ao sabor do vento e da correnteza. Feito por suas próprias mãos com sandália de borracha das bem leves, velas de saco plástico e leme de tampinha de garrafa amassada, o barco ganhou o mesmo nome da canoa do pai, campeã de […]

0 comments / 3 votes
_7004863726
0 comments / 5 votes

Agosto é mês dos ventos e ventos pedem bicudas e arraias no céu. Acupe está atualmente forrada de meninos no porto, na praça, nas ruas e nos quintais com olhos voltados para o céu e mãos ágeis feito maestros que regem suas orquestras. As bicudas são feitas com folhas de caderno ou de livros didáticos […]

0 comments / 5 votes
_2436360065
0 comments / 14 votes

Localidade: Alto Santa Maria – ES Fernando vive na região serrana do Espírito Santo, mas fala melhor o pomerano do que o português. As crianças de sua região passam uma semana na escola e a outra ajudando seus pais a plantar e colher verduras e grãos. Desde bem pequeno ele aprendeu a usar ferramentas e […]

0 comments / 14 votes
IMG_8760
0 comments / 4 votes

Os dias passam, mas a vontade desses meninos de apresentar para nós os seus saberes fica. Quando é de noite já estão nos rodeando com sugestões para a próxima manhã. “A gente ainda não fez o carrinho de carretel”, diz um. “Por que a gente não vai caçar caranguejo no mangue?”, diz o outro. A […]

0 comments / 4 votes
135946260413594626048278350877_420x300
0 comments / 5 votes

Tem menino que, ao fazer seu brinquedo, é feito passarinho quando aprende a voar, tem a vontade aguçada e as mãos persistentes. Não arreda do fazer até que se finde o que havia desejado. Tenta, erra, concerta, ajeita, apruma, refaz, põe até careta no rosto, língua de fora, para ajudar a dar certo, mas desistir […]

0 comments / 5 votes

Archives

> <
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec